fbpx

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A VIDA NOS EUA

 

1) COMO SELECIONAR BOAS ESCOLAS PARA MEUS FILHOS NOS EUA?

Com uma rede de ensino, tanto pública quanto particular, de alto nível, os Estados Unidos oferecem inúmeras possibilidades para seus filhos. As empresas associadas e parceiras da EB5 GREEN CARD CAPITAL assessoram nesta escolha, de acordo com suas preferências e expectativas. O sistema de ensino nos EUA também possui um apurado “ranking” de qualificação, que ajuda a detectar quais escolas e/ou universidades são mais adequadas para seus filhos.

 

2) POSSO MATRICULAR MEUS FILHOS EM QUALQUER ESCOLA QUE EU DESEJAR?

As escolas públicas são divididas em distritos escolares (school districts), que são regiões administrativas. Esses distritos administram um número de escolas que varia de acordo com a área, e incluem elementary schools (Pré-K – jardim de infância – ou Kindergarten – alfabetização, dependendo do estado – até a 4a ou 5a série), middle schools (5a ou 6a série até 8a) e high schools (segundo grau, 4 anos).

É o distrito escolar que define as áreas de cobertura das escolas, desenhando o mapa ao redor de cada escola, que é o que define onde seu filho vai estudar, se a sua opção for uma escola pública. Esses mapas mudam com pouca frequência, a não ser que a área em questão esteja tendo um grande desenvolvimento e o distrito esteja construindo muitas escolas novas para atender a demanda. Quanto mais perto da escola, menos chance você tem de ser remanejado para uma nova escola. Quem está perto das “bordas”, corre sempre mais risco de ser remanejado e ir parar em uma escola diferente. Mas em áreas consolidadas, isso raramente acontece.

Portanto, se você pretende alugar ou comprar uma casa ou apartamento, tem crianças em idade escolar e pretende usar a educação pública, deve investigar qual escola atende seu futuro endereço antes de fechar o negócio. Este é um fator que tem grande influência nos preços dos imóveis e dos aluguéis, que tendem a ser mais altos nas áreas em que estão as melhores escolas.

 

3) COMO FAZER A ESCOLHA DA ESCOLA CERTA, PENSANDO NO FUTURO?

Se os seus filhos são pequenos, é importante analisar a sequência: Elementary School (até a 4a série), Middle School (de 5a à 8a série) e High School (3 anos seguintes). É comum detectar que numa mesma escola que agrupe os três cursos, um deles sejam excelente e os outros dois num nível mais baixo. Dependendo da idade de seus filhos, essa preocupação é essencial e pode influir até na escolha da universidade que eles venham a almejar no futuro. Se você tem filhos mais velhos que vão direto para a High School, a escolha fica mais fácil.

 

4) E SE EU NÃO GOSTAR DAS ESCOLAS DE MEU DISTRITO?

Se não existir uma escola pública de boa qualidade na área em que você já comprou ou alugou seu imóvel, a alternativa é procurar uma escola particular. Dependendo da cidade, a oferta de escolas particulares é grande, muitas ligadas a igrejas.

 

5) COMO É O PROCESSO DE “TRANSFERÊNCIA” DAS CRIANÇAS E JOVENS EM IDADE ESCOLAR PARA OS ESTADOS UNIDOS?

Obtendo o Green Card, imediatamente seus filhos estão plenamente qualificados para serem matriculados em qualquer escola, pública ou privada, nos EUA. No país, as escolas públicas são “distritais” e seus filhos atenderão às escolas da região onde terão residência domiciliar estabelecida. Essa regra não vale para as escolas particulares.

 

6) COMO É O ANO LETIVO NAS ESCOLAS AMERICANAS?

O ano letivo nos EUA começa em agosto e termina no final de maio/início de junho. As férias de Natal e Ano Novo são de apenas duas semanas, e as de “fim de temporada”, entre o final de maio e o final de agosto podem durar até 3 meses, variando de condado para condado. Nas férias de verão (entre junho e agosto) existem os “summer camps”, atividades recreativas, educacionais ou artísticas que mantêm as crianças e jovens cujos pais assim desejem, ocupadas neste período.

 

7) COMO FUNCIONAM AS CRECHES? SÃO PÚBLICAS OU PRIVADAS?

As creches são uma “instituição” nos Estados Unidos e são chamadas de “Day Care”. Mais de 95% são particulares e a escolha deve ser cuidadosa. As creches públicas atendem a uma minoria de famílias carentes. Mas há creches de alta qualidade em todas as cidades, já que mais de 90% dos residentes nos Estados Unidos, que possuem filhos ainda pequenos, os colocam nos “Day Care”, em muitos casos, a partir dos seis meses de idade.

 

8) DÁ PARA CONTAR COM HOSPITAL PÚBLICO NOS ESTADOS UNIDOS?

Não existem “hospital públicos” nos Estados Unidos, da forma como se identifica esse tipo de atendimento de saúde em outros países, com atendimento gratuito. Todos os residentes nos EUA são “obrigados” a ter um plano de saúde. A definição de “sistema de saúde pública” nos Estados Unidos corresponde à possibilidade de todos poderem pagar e usar, sem restrições. Muitos hospitais “públicos” recebem verbas dos governos municipal, condados, estados e federal. Mas é essencial ter plano de saúde para toda a família.

 

9) EU VOU MORAR NOS EUA, QUERIA SABER O QUE SÃO OS “CONDADOS”?

A forma como a administração pública é organizada nos Estados Unidos é a seguinte: As cidades se agrupam em condados. Os condados tem seus CEOs ou “Managers”, enquanto as cidades têm “Mayor” (Prefeito) e “Comissioners” (Vereadores), todos eleitos pelo voto direto. Os condados lidam com maiores verbas públicas e seus CEOs têm muito mais poder administrativo que os prefeitos. Por exemplo: a cidade de Miami faz parte do Condado Miami-Dade que inclui 26 cidades, além da própria cidade de Miami. Não há, entretanto, hierarquia política entre cidades e condados. A divisão é meramente administrativa.

 

10) COMO COMPRAR CARRO NOS EUA DE FORMA FÁCIL E SEGURA? O QUE É MELHOR: COMPRAR OU FAZER LEASING?

Comprar ou fazer leasing de qualquer tipo de veículo nos Estados Unidos é extremamente fácil e rápido. As empresas associadas e parceiras da EB5 GREEN CARD CAPITAL podem assessorar em todas as etapas desse processo.

 

11) COMO É A ADAPTAÇÃO À LÍNGUA INGLESA?

Essa é das perguntas mais frequentes e a resposta é muito simples: mais fácil e rápida do que muitos imaginam. Em quase todas as partes do mundo já convivemos com muitos termos e palavras em inglês. Muita gente, quando passa a viver nos EUA, se surpreende “entendendo” muitos termos essenciais do dia-a-dia. Apesar disso, é fundamental fazer do aprendizado do inglês uma meta de todos na família. Para isso, a leitura – livros, revistas e jornais – televisão, cinema e música, desempenham um grande papel. Seus filhos aprenderão muito rapidamente e a escola é um fator espetacular de aceleração desse aprendizado. Por outro lado, muitos estrangeiros já chegam aos EUA com boa noção do idioma inglês. Aprender o inglês em nível de conversação básica, pelo menos, é essencial para fazer todos se adaptarem mais e prazerosamente à nova vida que escolheram.

 

12) COMO OS NORTE-AMERICANOS VÊM OS BRASILEIROS?

Entre os imigrantes de origem latino-americana, os brasileiros são muito bem vistos e é muito raro se registrar casos de preconceito. O fato de existirem celebridades nos Estados Unidos que são reconhecidas como brasileiros de sucesso na América – como Gisele Bündchen, Hélio Castro Neves, Émerson Fittipaldi, Romero Britto, etc – coloca os brasileiros num patamar de destaque.

 

13) COMO É A CONVIVÊNCIA COM BRASILEIROS?

Em diversas cidades norte-americanas existe forte presença brasileira, especialmente nos estados da Flórida, Massachusetts, New York, New Jersey e Connecticut. Graças a essa presença – estimada em mais de 1.2 milhão de residentes – é muito fácil conseguir produtos e serviços tipicamente brasileiros. Desde produtos culinários a serviços como as tradicionais “diaristas”. Há uma gama imensa de produtos e serviços que ajudam a manter a “presença brasileira” num dia-a-dia tipicamente americano.

Também nestas regiões existem eventos, shows de grandes artistas brasileiros e uma ativa sociedade brasileira – especialmente na Flórida, New York e Massachussetts. De um modo geral os brasileiros que já vivem nos EUA estão cada vez mais adaptados à cultura, leis e comportamento locais. E podem ser úteis aos recém chegados em situações importantes e emergenciais.

 

14) COMO MANTER PERMANENTE CONTATO E RECEBER INFORMAÇÕES DO BRASIL?

Além de estar conectado pela Internet – e de uma forma geral os EUA possuem excelentes redes em todo o país, onde quer que você decida morar, mesmo em lugares remotos, é possível ter banda larga de alta qualidade – os brasileiros que desejam manter um contato permanente com o Brasil dispõem, nos EUA, de cinco canais internacionais de TV brasileira, 24 horas: Globo, Record, Band, Premier Futebol Clube (PFC) e TV Brasil (estatal). Os canais estão disponíveis através de vários provedores, em satélite e cabo. São todos canais pagos com uma variação de tarifa mensal entre 10 e 50 dólares, dependendo do canal e dos “pacotes”. Jornais e revistas brasileiros estão disponíveis nos EUA apenas em suas versões digitais.

Facebook
LinkedIn
Instagram
Twitter