RESIDÊNCIA E CIDADANIA: DIFERENÇAS

 

Obter a residência permanente nos Estados Unidos e se tornar um cidadão norte-americano são situações, ou “status”, diferentes.

Os portadores do Green Card, que são residentes permanentes, são estrangeiros autorizados a viver, trabalhar e realizar quaisquer atividades legais em qualquer parte dos Estados Unidos. Continuam sendo cidadãos do seu país de origem, embora estejam legalmente aptos a residir, indefinidamente, nos Estados Unidos.

Dessa forma, os residentes permanentes não têm passaporte norte-americano e não podem votar nas eleições norte-americanas nem concorrer a cargos públicos ou representação política. Já os cidadãos podem se candidatar e podem votar para todos os cargos, com exceção única a Presidência, pois nos Estados Unidos o processo de eleição presidencial é indireto.

Quando você se torna cidadão norte-americano – após obter o Green Card – tem facilidades maiores para requisitar e “patrocinar” a residência permanente de outros membros da família nos EUA, e tem maior acesso a empregos federais.

Cidadãos norte-americanos estão qualificados a obter mais assistência federal e programas de benefícios, tais como Medicare e da Seguridade Social. Também no acesso a programas de incentivo a negócios de pequeno e médio porte, a cidadania permite maiores facilidades.

O portador de Green Card pode entrar e sair do país sem restrições, mas pode perder a sua condição de residente se permanecer fora dos Estados Unidos por mais de um ano sem requerer a autorização de entrada adequada. Ou se, mesmo obtendo a autorização de entrada, não conseguir um visto de retorno depois de dois anos. Também terá seu Green Card anulado se mudar para outro país com a intenção de viver permanentemente, ou se não apresentar declarações de impostos federais, enquanto vive no exterior por qualquer período de tempo. Os cidadãos não têm nenhuma restrição de tempo de permanência fora do país.

Os portadores de Green Cards normalmente se habilitam a aplicar para a cidadania americana depois de cinco anos do início da condição de residência permanente. Os dois anos de residência permanente condicional dos investidores do Programa EB-5 são considerados para efeito de atendimento deste requisito, de forma que são necessários apenas mais 3 anos após a retirada das condições para que o investidor e seus familiares diretos (cônjuge e filhos até 21 anos) possam aplicar para a cidadania norte-americana.  

Facebook
LinkedIn
Instagram
Twitter